Dicas

Material

Granito e mármore são materiais provenientes da natureza. Portanto, estão sujeitos a variações de cor, veios e ou manchas. Consequentemente, duas peças nunca serão exatamente iguais.

Além da aparência, suas indicações de uso também são diferentes em função de sua composição (o granito é uma rocha magmática composta de quartzo, mica e felspato, com dureza 6 na escola Mohs, enquanto o mármore é o nome de qualquer rocha carbonático de origem sedimentar, composta de calcita ou dolomita, com dureza 3, o que o torna mais macio e menos resistente a riscos).
 

Limpeza

Nunca limpe mármores e granitos polidos com água sanitária, ácido muriático ou qualquer outro material corrosivo. Deve-se utilizar apenas pano úmido e, se necessário, detergente neutro incolor.

Qualquer substância colorida derramada acidentalmente sobre a pedra deve ser imediatamente enxugada com pano absorvente.

Em alguns tipos de mármores e granitos polidos, existem pequenas “porosidades” próprias do material, portanto a lustração não será 100% “fechada”, logo estarão sujeitos à maior incidência na penetração de líquidos.

Os maiores “inimigos” do granito e do mármore são produtos oleosos, portanto, procure sempre limpar com a maior brevidade possível (principalmente os materiais mais sensíveis).
 

Tipos de acabamentos e aplicações

Polido – acabamento com lustração (partes internas)

Flameado – acabamento a base de fogo (partes externas)

Apicoado – acabamento a base de impacto “martelado” (partes externas)

Levigado – acabamento semi-polido (partes internas e externas)

Bruto – material “in natura” (partes externas)